Uso da vitamina D no tratamento da queda de cabelo decorrente da covid-19 não tem comprovação científica, alertam dermatologistas

 28/03/2022

A eficácia do uso de altas doses de vitamina D no tratamento de queda de cabelo (eflúvio telógeno) decorrente da covid-19 não conta, até o momento, com evidências científicas confiáveis. O alerta é da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) que, por meio de seu Departamento de Cabelos e Unhas, divulgou nota para a população que tem sido impactada por informações equivocadas em redes sociais e grupos de discussão.

ACESSE A ÍNTEGRA DA NOTA DA SBD

“Estudos publicados sobre este tema não podem ser considerados relevantes ou definitivos, pois carecem de metodologia clara e consistente, o que compromete a qualidade dos resultados anunciados”, cita o documento da SBD. Os especialistas lembram ainda que para o enfrentamento deste problema que tem sido registrado entre pacientes que tiveram covid-19 tem sido feito com o uso de substância conhecida como minoxidil, disponível para prescrição com diferentes nomes comerciais.

Publicações – Segundo os dermatologistas da SBD, estudos divulgados em publicações nacionais e internacionais informam que o minoxidil aumenta a densidade de fios na fase de crescimento, além de prolongar a sua duração, possibilitando uma recuperação mais rápida da perda capilar. “Diante desses fatos, entende-se que essa substância pode ser também ferramenta útil nos cuidados oferecidos aos pacientes com eflúvio telógeno pós-covid-19”, destaca a nota.

Finalmente, no alerta, a SBD orienta a população que enfrenta a queda de cabelo no pós-covid que busquem o suporte de profissionais para fazer o tratamento de seu problema. Após a análise das condições clínicas e exame do couro cabeludo, o dermatologista poderá indicar a dose, a via e a duração do tratamento mais adequado para cada caso, lembram os especialistas da Sociedade.

Fonte: site da SBD


SBD-PR

Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional do Paraná, foi fundada em 28 de abril de 1952. Somos uma associação médica sem fins lucrativos, que tem o objetivo de congregar os médicos paranaenses que se dedicam à dermatologia. Atualmente contamos com mais de 260 dermatologistas associados e atuamos com forte estrutura de Educação Continuada (em EAD) e comunicação digital com nossos associados.

A SBD-PR trabalha diariamente a favor da valorização profissional do médico dermatologista.

Paula Xavier da Silva Schiavon
Atual Presidente

Nossos Canais de Contato

Redes Sociais

   

Localização

Localização via Google Maps

Nacional

SBD